Glândulas de Tyson

As Glândulas de Tyson produzem uma secreção lubrificante para o pênis. Ela é uma estrutura normal desse órgão, encontrada na maioria das vezes ao redor da glande (cabeça do pênis). Quando há secreção abundante dessas Glândulas há formação do “smegma”, que lembra uma “massa branca”.

Na maioria das vezes, essas Glândulas são pequenas e imperceptíveis, mas alguns pacientes (cerca de 10%) podem ter tamanho aumentado, o que pode incomodar bastante alguns homens.

A grande questão é que essas Glândulas são muitas vezes confundidas com lesões de HPV, os chamados condilomas. Quando olhadas com lupas, nota-se nítida diferenças entre lesões e Glândulas de Tyson, inclusive se formando em locais diferentes. Na dúvida, é sempre válido procurar um urologista para explicação do que é doença e o que é normal.

O famoso lutador americano Mike Tyson não tem qualquer relação com essas Glândulas. Esse nome foi dado em homenagem a Edward Tyson, cientista inglês que estudou e identificou essas Glândulas em 1694.

Sim! Na ereção há aumento de toda a glande e de todo o pênis. Dessa forma, as Glândulas de Tyson também aumentam. Não há motivo de preocupação quanto a isso.

Não. Essas Glândulas são normais em todos os homens. O que ocorre é que alguns pacientes se incomodam com o aspecto estético e preferem que elas sejam retiradas. Mas além da questão estética, não há motivo para ressecá-las.

Não! Existe a possibilidade de piora do quadro com irritação de toda pele e inchaço do pênis. Melhor não tentar qualquer tratamento em casa.

Vá a um urologista para entender mais sobre o assunto. Ele vai te explicar que são estruturas normais do pênis. Mas que se incomodam muito, podem ser retiradas.

Dr. Danilo faz cauterização das lesões com bisturi elétrico. Forma-se queimadura que destrói as Glândulas. O procedimento é rápido, pode ser feito na primeira consulta, no próprio consultório, com anestesia local, sem dor ao paciente.



Formulário de Contato

Preencha o formulário abaixo para minha equipe entrar em contato!