Ejaculação Precoce

Ejaculação PrecoceEjaculação Precoce (EP) é conhecida desde os antigos livros do Kama Sutra. Apesar de incomodar muitos pacientes, ela tem uma explicação na própria observação das espécies na natureza. A ejaculação vaginal é necessária para a perpetuação das espécies. No entanto, sabemos que no mundo animal o ato copulatório é um período muito vulnerável tanto para o macho quanto para a fêmea. Tendo um período de latência vaginal curto, os riscos são menores e maior será a sobrevivência.
Só que o homem é uma das poucas espécies que utilizam o sexo, além da reprodução, também para o prazer.

A Organização Mundial de Saude (OMS) definiu EP como sendo a “incapacidade de controle ejaculatório suficiente para ambos os parceiros estarem satisfeitos com o ato sexual”.

Em uma pesquisa realizada nos Estados Unidos, a Ejaculação precoce estava presente em cerca de 30% dos homens entrevistados (entre 18 a 59 anos), quando questionados sobre o assunto.

  • – Fatores genéticos
  • – Fatores Biológicos
  • – Fatores metabólicos e hormonais
  • -Fatores psicológicos
  • -Associado com disfunção erétil

O urologista deve levar em consideração fatores que podem interferir na duração da fase de excitação como a idade, início de relacionamento com uma nova parceira e frequência recente de atividade sexual. A EP, para ser tratada, deve necessariamente causar transtorno ou ansiedade ao paciente, podendo ou não levar a dificuldade de relacionamento interpessoal.

  1. Medicações via oral que retardam a ejaculação.
  2. Anestésicos tópicos.
  3. Psicoterapia* – É iniciada na própria consulta com o urologista com técnicas comportamentais* para o controle da ejaculação precoce.

Uso de lubrificantes à base de água (como o KY) favorecem a penetração, e diminuem o atrito, portanto a sensibilidade do contato com a vagina. Assim é possível manter o controle por mais tempo. Algumas sex shops oferecem também pomadas anestésicas com a mesma finalidade. Mas elas devem ser usadas com moderação, pois existe o risco de acabar com toda a sensibilidade no local.

Pressionar um ou mais pontos do pênis pode servir de complemento à outras técnicas. Imediatamente após ter interrompido os movimentos, coloque o dedo médio e o indicador na parte de baixo da glande, enquanto o dedão fica em cima dela. Pressione os dedos juntos por 2 segundos e pare. Repita por algumas vezes até sentir que a urgência em ejacularpassou. Outra variação é descer os dedos um pouco mais pra baixo, perto do escroto (as bolas) e repetir o aperto.

Antes do ato sexual tome um chá de camomila ou de qualquer outra planta que funcione como um tranquilizante moderado. Muitas vezes a ejaculação acontece rápido demais pela ansiedade ou pela afobação de estar fazendo sexo com uma nova parceira. Atenção – Remédios tranquilizantes, os famosos “calmantes”, podem dopar você, dando sono e tendo efeito contrário ao pretendido.

Períneo também é composto por um grupo de músculos pubococcígeos que vai do seu osso púbico (na frente) até o seu cóccix (atrás, na extremidade inferior da sua espinha dorsal). Ele serve de apoio para a parte inferior do púbis e é um dos responsáveis pela sensação espasmódica do orgasmo. Quando ele está forte e bem exercitado, é mais fácil controlar a ejaculação. Para saber quais são os músculos certos, finja que está urinando e que deseja interromper o fluxo da urina no meio do caminho. Repita esse movimento de contração durante 2 ou 3 segundos e solte em seguida. Faça o exercício dez vezes de manhã, dez vezes de tarde e dez vezes de noite. Rapidamente o seu períneo ficará mais forte e bem treinado, o que vai ajudar, a perceber a proximidade da ejaculação.

masturbação é importante, pois funciona como treinamento sexual e autoconhecimento. Por esse motivo esse momento merece tempo extra de dedicação. Não é preciso passar horas a fio trancado no quarto, mas, quando quiser se masturbar, gaste bem o seu tempo. Como? Perceba todas as sensações do seu corpo que acompanham os momentos próximos a ejaculação. Sinta quais sinais seu corpo te dá nos instantes antes de ejacular. Dessa forma você conseguirá reproduzir no momento do ato sexual. Saber qual o exato momento de parar na masturbação vai ajudar a interromper a relação evitando uma ejaculação precoce.

A ideia é simples. Uma vez que os testículos se retraem para perto do corpo para impulsionar o sêmen pra fora, afastá-los pra longe do corpo fará com que a ejaculação seja retardada. Segure o pênis firmemente com uma das mãos e, com a outra, puxe o saco escrotal inteiro para baixo (tomando cuidado, é claro, para não se machucar).

Se você teve ejaculação precoce na primeira tentativa, é pouco provável que isso vá se repetir na segunda transa do mesmo dia, simplesmente porque seu corpo levará mais tempo para alcançar uma ereção completa e haverá menos fluido nas vesículas seminaispressionando o pênis para sair. Com menos urgência para alcançar o orgasmo, automaticamente haverá menos chances de uma ejaculação prematura.

Se o seu pênis for teimoso o bastante para chegar lá antes do seu comando em mais da metade das vezes, talvez “ele” esteja precisando de ajuda profissional. Pouca vezes a ejaculação precoce é originada por um problema clínico (uma doença) e essa situação pode ser avaliada melhor em consultório.



Formulário de Contato

Preencha o formulário abaixo para minha equipe entrar em contato!