Reversão de Vasectomia

Microscopio Zeiss utilizado na cirurgia

Aproximadamente 6% dos homens que se submetem à vasectomia vão requerer uma reversão de vasectomia, normalmente motivada por um segundo casamento, em que a nova esposa deseja um filho. Realizada há décadas, sem sucesso, somente após a introdução do microscópio que essa cirurgia tornou-se eficiente.

Atualmente as taxas de sucesso são elevadas e variam fundamentalmente com o tempo de vasectomia do paciente, como mostra a tabela abaixo. Há uma parte dos homens que apresentam espermatozoides no ejaculado, mas não conseguirão engravidar suas esposas. Nesse caso há possibilidade do uso desses espermatozoides para uma fertilização in vitro.

Anos de VasctomiaPresença de Espermatozóides no ejaculadoGravidez
< 397%76%
3 – 888%53%
9 – 1479%44%
> 1571%30%

Depende, a primeira consulta deve ser feita com o casal (esposa e marido) onde são investigadas doenças, cirurgias e tratamentos anteriores que podem questionar quaisquer fatores de infertilidade, inclusive femininos. Indica-se Reversão de vasectomia em casais cujo espermograma do marido demonstra não haver nenhum espermatozoide vivo e não há dúvida da capacidade reprodutiva da esposa.

Experiência do cirurgião, técnica microscópica e intervalo entre a vasectomia e sua reversão.

No pós operatório, o paciente deve ser orientado a repouso relativo por 7 dias e à não ter relações sexuais por 3 semanas. Exame do sêmen é realizado após 1 mês, 3 meses e depois trimestralmente. Muitos pacientes apresentarão espermatozoides após 30 dias de cirurgia.



Passo a passo das cirurgias

Formulário de Contato

Preencha o formulário abaixo para minha equipe entrar em contato!