Enurese noturna

A perda involuntária de urina durante o sono é chamada de enurese noturna e atinge cerca de 15% das crianças com mais de 5 anos de idade. Ela pode ocorrer por fatores genéticos, psicológicos, atraso no desenvolvimento do mecanismo fisiológico da micção ou redução da capacidade funcional da bexiga. Outras causas incluem anormalidades na produção noturna do hormônio antidiurético ou no trato urinário, além de dificuldades para despertar e ir ao banheiro. Crianças que estão passando por situações de estresse em casa (separação dos pais ou o nascimento de um irmão, por exemplo) aumentam suas chances de ter o problema.

A criança pode se sentir envergonhada com a situação, evitado dormir fora de casa, o que atrapalha sua socialização. Brigar com o menor nunca é a melhor opção. Pelo contrário, reprimir piora o quadro e abala ainda mais a autoestima da criança. É importante ganhar sua confiança, motivando-a a tratar-se, de forma a superar sua disfunção.

Todas as manifestações comentadas acima são normais até os 5-7 anos de idade. Quando o problema persiste, elas devem ser avaliadas por urologista, para que este possa  dar diagnóstico e tratamento adequados.

Clique aqui para saber mais sobre urologia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *