Pular para o conteúdo

11 3262-5564 | 11 99267-7369
[email protected]

Saiba porque o frio provoca maior incidência de incontinência urinária

Hoje começa o inverno e, com a prevalência de temperaturas mais baixas, aquelas pessoas que já têm incontinência urinária, podem sofrer ainda mais nessa época do ano. A seguir, vamos entender o que causa esse transtorno. A produção urinária é derivada do volume de líquido ingerido durante o dia. Como no inverno transpiramos pouco, a maior parte da eliminação de líquidos é feita através da urina. Assim, o metabolismo acelera o funcionamento dos rins, que eliminam mais água do corpo, enchendo mais a bexiga e agravando a incontinência.

Modalidades

Existem diversos tipos de incontinência. A primeira, causada pelo esforço, ocorre quando a pessoa faz alguma espécie de movimento (ou até uma simples risada) e já perde alguma quantidade de urina. A segunda é chamada de “incontinência de urgência”, nas quais o paciente sente vontade urgente de urinar, sem que haja, necessariamente, esforço físico. O terceiro tipo é a incontinência mista, quando há associação dos dois tipos.

Solução

Mas existe solução para isso. Casos mais simples são tratados com eletroestimulações, ativação dos músculos da região pélvica e fortalecimento de toda essa região. Nos casos mais severos o tratamento é cirúrgico (sling), com colocação de uma “telinha”, que melhora a sustentação da uretra, canal por onde sai a urina (e normalmente onde está o problema nos(as) pacientes com incontinência urinária de esforço. No caso de incontinência urinária durante o sono, deve-se evitar a ingestão de líquidos em excesso antes de dormir.

Não se esqueça: se aparecerem dúvidas, consulte sempre um médico especialista.

 

Formulário de Contato

Preencha o formulário abaixo para minha equipe entrar em contato!