Infecção urinária na gravidez

As alterações que acontecem no organismo feminino durante a gravidez favorecem o desenvolvimento de bactérias no trato urinário. Segundo um estudo recente feito pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, cerca de 10% das gestantes podem ter infecção urinária, ainda que algumas delas não apresentem sintomas.

A infecção urinária simples não prejudica o bebê quando rapidamente tratada. No entanto, caso a mulher não faça o tratamento adequado, a infecção causa riscos para o bebê, como parto prematuro ou aborto. Desta forma, para evitar complicações, sempre que a gestante identificar alguma alteração ou desconforto deve procurar ajuda médica para realizar um exame de urina e iniciar o tratamento precocemente, caso seja necessário.

O diagnóstico da infecção urinária durante a gravidez é feito através do exame de urina. O tratamento é sempre feito com antibióticos, por um período de 7 a 14 dias. É também importante beber bastante água, não segurar o xixi e esvaziar a bexiga completamente cada vez que for urinar. A melhor forma de evitar todos estes riscos é estar atenta aos sintomas da doença e fazer o tratamento indicado pelo médico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *