Conheça duas graves infecções de urina: a Pielonefrite e a Sepse Urinária

PIELONEFRITE

 

É a principal complicação da cistite, infecção urinária da bexiga, considerada por muitos como inofensiva. Causada por bactérias, ataca o parênquima renal (onde ocorre produção de urina) e a pelve renal, que armazena a urina.

 

Em sua forma aguda, a infecção surge e evolui rapidamente, comprometendo o funcionamento dos rins. Embora seja reversível na maior parte das vezes, se não for tratada pode evoluir para doença renal grave. Na sua forma crônica, os rins vão perdendo a capacidade de funcionamento de forma progressiva e gradativa, podendo levar à falência do órgão.

 

Os sintomas mais comuns da Pielonefrite são: febre, calafrios, sudorese, náusea, vômito, dor lombar, dor para urinar e sangue na urina. O tratamento se dá com uso de antibióticos. Quando a pielonefrite não é tratada (ou quando o tratamento não é eficaz) há grandes possibilidades de evolução para sepse urinária. 

 

SEPSE URINÁRIA 

 

É uma infecção generalizada do organismo, de causa inicialmente urinária. Pode começar a partir de qualquer órgão deste sistema, como bexiga, rins e ureteres. Ocorre por tratamento inadequado de cistites ou por bactéria hospitalar adquirida. 

 

O diagnóstico de Sepse é feito por exame clínico e laboratoriais. Normalmente há febre, queda do estado geral do paciente, piora da respiração, da frequência cardíaca e, por último, queda da pressão sanguínea do paciente. Quando verificada, o paciente deve ser imediatamente internado em UTI, com antibióticos e cuidados intensivos. É uma situação potencialmente fatal quando não tratada a tempo. 

 

Na dúvida, consulte sempre um especialista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>