Pular para o conteúdo

11 3262-5564 | 11 99267-7369
[email protected]

Próteses penianas: os tipos e as suas aplicações

Inicialmente é preciso esclarecer que a utilização de próteses penianas como tratamento para a disfunção erétil é a terceira linha trabalhada pelos profissionais da urologia. Somente é indicada quando medidas mais simples, como medicamentos orais e injetáveis para ereção ou o uso da bomba de vácuo não foram eficazes.

 

Ainda assim, o tratamento somente é indicado a homens com condições clínicas para a realização da cirurgia. Quando constatado que nenhuma das alternativas citadas acima foi útil e o paciente estiver apto a passar pelo procedimento, chega a hora de uma conversa com o paciente e seu parceira (o) para a escolha das opções oferecidas pela medicina.

 

É importante saber ainda que o implante peniano é um tratamento definitivo.

 

Tipos de prótese

 

A prótese peniana é colocada no interior dos corpos cavernosos do pênis, que são cilindros que esticam e encolhem com sangue, responsáveis pela rigidez do órgão.

 

A prótese maleável ou semirrígida é formada por filamentos metálicos envoltos por hastes de silicone. Ela permite uma boa rigidez e, ao mesmo tempo, maleabilidade do pênis. Tem vantagem de não apresentar vazamentos de líquidos ou problemas de funcionamento.

 

Prótese Articulável

 

Com poucas diferenças entre os procedimentos, o implante articulável é parecido com o maleável. O que difere é que ele pode ser dobrado mais facilmente, oferecendo aos pacientes um pouco mais de facilidade para ocultar a ereção.

 

Prótese Inflável

 

Essas próteses apresentam um “sistema hidráulico” composto por dois cilindros implantados no pênis, ligados a uma bombinha minúscula, que fica alojada no escroto. Para uso, o homem pressiona a bombinha (que contém soro fisiológico), os cilindros inflam e a ereção é produzida. Após o ato sexual, pressiona-se o pênis para baixo por alguns segundos, fazendo com que o líquido retorne ao reservatório, retomando a flacidez. A vantagem dessas próteses é a discrição, porém, elas são passíveis de falhas mecânicas, ou seja, vazamentos de líquido, o que demanda um novo procedimento para sua troca.

 

Optar por alguns destes tratamentos depende muito do perfil do paciente. Por isso é tão importante o acompanhamento com um profissional especializado.

 

 

Formulário de Contato

Preencha o formulário abaixo para minha equipe entrar em contato!