Quando o adolescente deve ir ao urologista?

A adolescência é formada por muitas transformações importantes que vão preparar os jovens para a vida adulta.

As meninas são incentivadas pelas mães e têm por hábito consultar-se anualmente com ginecologista, desde a primeira menstruação. Culturalmente isso não ocorre com os meninos. Estima-se que mais da metade dos homens acima dos 35 anos nunca foram ao urologista.

As causas mais comuns para tratamento urológico na infância são: criptorquidia, fimose, hidrocele e torção de testículo. Os cuidados devem ser mantidos na adolescência, antes de iniciar a vida sexual, e mesmo depois disso.

O desenvolvimento do corpo masculino acontece de forma desordenada na puberdade. As mudanças corporais nesta fase da vida podem gerar angústia, timidez, insegurança, baixa autoestima e até agressividade.

Além disso, dúvidas quanto ao tamanho do pênis, forma, quantidade de pele, ereções matinais, entre outras, são muito comuns e um médico urologista pode ser muito útil para saná-las.

Consultar-se na adolescência com um urologista ajuda o paciente a tirar suas dúvidas sobre sexualidade e permite tratar precocemente doenças como varicocele, o que evitaria uma possível infertilidade. A consulta torna-se então fundamental para o adolescente conhecer melhor o seu corpo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas HTML tags e atributos:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>