Quando o homem deve fazer um espermograma?

O exame que permite avaliar os espermatozoides produzidos pelo homem é o espermograma. Ele é indicado para medir a função reprodutiva masculinaEstima-se que 15 a 20% dos casais procurarão ajuda médica para engravidar. Em cerca de 30% dos casos, o problema é exclusivamente masculino, estando também presente em metade das situacoes de fatores mistos (masculino e feminino). Ressalte-se que a infertilidade exige uma abordagem criteriosa, envolvendo o casal. Todas as possíveis causas, como uso de medicações, cirurgias anteriores, doenças pré-existentes e histórico familiar devem ser consideradas.

O espermograma também é solicitado como exame de controle para cirurgias de vasectomia e reversão de vasectomia. Ele consiste na coleta, por meio de masturbação em laboratório, de uma amostra de sêmen. O material ejaculado é encaminhado para análises macroscópica (a olho nu) e microscópica. São avaliados critérios como viscosidade e cor. Já ao microscópio é possível registrar concentração de espermatozoides por ml, motilidade (rapidez) e sua morfologia (aspecto geral).

Os homens que irão se submeter ao espermograma não devem ter ejaculado em um período de dois a cinco dias antes do exame. O objetivo é evitar qualquer influência na quantidade total de espermatozoides que estarão presentes no sêmen.

Em alguns casos, podem ser necessários exames complementares, a exemplo da fragmentação do DNA espermático, que avalia com alta precisão a morfologia dos espermatozoides; ou um teste de carga viral, solicitado quando o paciente possui alguma doença causada por vírus.