Pular para o conteúdo

11 3262-5564 | 11 99267-7369
[email protected]

Saiba mais sobre a reversão de vasectomia

Cerca de 10% dos homens que se submeteram a uma vasectomia passam a desejar uma reversão do procedimento. Normalmente, a decisão é motivada por um segundo casamento, em que a nova esposa deseja um filho. Essa situação tornou-se cada vez mais comum nos dias de hoje.

 

Para que relembremos o que é a vasectomia, segue uma rápida explicação: neste método, os ductos deferentes dos homens são secionados e separados, o que impede a passagem de espermatozoides. Assim, embora o paciente siga ejaculando e tendo prazer sexual normalmente, ele não será mais capaz de gerar um filho.

 

Na reversão, é feita a recanalização dos ductos, permitindo novamente a passagem do esperma na hora da ejaculação. Com a tecnologia atual, a cirurgia é realizada com o auxílio de microscópio e fios cirúrgicos extremamente finos, fazendo a junção das partes que haviam sido desligadas.

 

As taxas de sucesso da reversão são altas, mas variam de acordo com o tempo de vasectomia do paciente. Taxas de espermatozoides e de gravidez são diferentes.  Abaixo destacamos a chance de gravidez:

  • 3 anos ou menos, as chances de o homem ser capaz de engravidar sua parceira novamente é de 76%.
  • 3 a 8 anos, a possibilidade é de 53%.
  • 9 a 14 anos atrás, a taxa é de 44%.
  • Mais de 15 anos, há uma chance de 30% de gravidez.

 

A duração da operação gira em torno de duas horas, com a cirurgia sendo considerada de pequeno porte e rápida recuperação. O paciente permanece poucos dias em repouso, podendo voltar a dirigir logo e retorna com relações sexuais após 30 dias.

 

Formulário de Contato

Preencha o formulário abaixo para minha equipe entrar em contato!