Pular para o conteúdo

11 3262-5564 | 11 99267-7369
[email protected]

Testículos inchados: o que pode ser?

img. blog 16.04.19 TESTÍCULOS INCHADOS O QUE PODE SER - Testículos inchados: o que pode ser?

Entre as causas mais comuns para aumento do volume do escroto estão: hérnia, varicocele, epididimite e tumor de testículo. Abaixo vamos abordar cada um dos temas resumidamente:

1) A hérnia inguinal atinge até 8% dos brasileiros. Ela ocorre quando há falha da parede abdominal, com possibilidade de entrada de algum órgão abdominal. Normalmente há um “inchaço” na região inguinal com ou sem dor local. O grande risco é o encarceiramento de intestino, ou seja, ele entrar na região e ficar aprisionado, levando à urgência em sua resolução. O tratamento das hérnias é sempre cirúrgico.

2) A varicocele é formada por veias dilatadas na região do escroto, ou seja, varizes no testículo. A varicocele pode ser vista por seu aspecto de “saco de minhoca”, sendo que na maioria das vezes não há sintomas. A varicocele é a principal causa de INFERTILIDADE masculina, devendo ser tratada nesses casos. Dor é um sintoma incomum, mas pode ocorrer. O tratamento é sempre cirúrgico.

3) A epididimite é uma inflamação do epidídimo, área do testículo que armazena e amadurece os espermatozoides. Geralmente, é causada por infecção bacteriana transmitida sexualmente (clamídia ou gonorreia), ou ainda por sexo anal desprotegido. Seu tratamento é feito com antibióticos.

4) O câncer de testículo é frequentemente esquecido por ser raro. No entanto, é uma condição grave, podendo levar a óbito em menos de 1 ano. A notícia boa é que, quando detectada, tem altíssimos índices de cura (mesmo quando diagnosticada já com metástases). O auto exame facilita a detecção de tumores ainda em estágio inicial.

O aumento escrotal pode afetar homens de todas as idades, sendo normalmente unilateral.. Todo paciente com esse sintomas ou dor na região dos testículos deve procurar um urologista o quanto antes.

Formulário de Contato

Preencha o formulário abaixo para minha equipe entrar em contato!


Câncer de testículo merece atenção!

img blog 2 20.03.19 CÂNCER DE TESTÍCULO MERECE ATENÇÃO - Câncer de testículo merece atenção!

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de testículo é responsável por 5% do total de casos de câncer entre os homens. Quando detectado precocemente, tem cura em até  90%, com baixo índice de mortalidade. Apesar de raro, atinge pacientes entre os 15 e 50 anos, podendo ser confundido com orquiepididimites, inflamação dos testículos e dos epidídimos,  transmitidas sexualmente.

Os principais sintomas do câncer de testículo são: nódulo INDOLOR no testículo sem sintomas urinários associados. Muitas vezes não há sintomas quando o tumor está em estágio inicial.

O diagnóstico é feito com exame físico dos testículos e confirmado com ultrassonografia do escroto. Há pacientes com maior chance de contrair a doença, que merecem maior atenção: histórico familiar, lesões e traumas na região e criptorquidia. O autoexame dos testículos é importante para o diagnóstico precoce. Pequenas alterações de tamanho e consistência do testículo podem ser detectadas nesse exame.

O tratamento é inicialmente cirúrgico. O testículo atingido é retirado inteiro ou, em raras situações, apenas parte dele. Função sexual e reprodutiva do paciente normalmente são mantidas quando o outro testículo é saudável. Após a cirurgia, o médico pode optar por acompanhamento apenas, radioterapia ou quimioterapia, a depender de cada caso.

Não há nenhum programa de prevenção para esta doença no Brasil, devido à baixa incidência. Caso sejam observadas alterações, um urologista deve ser sempre consultado.

Formulário de Contato

Preencha o formulário abaixo para minha equipe entrar em contato!


Inflamação nos testículos: saiba mais sobre a orquite

A orquite é uma inflamação nos testículos que pode ser causada por diversos fatores. Também conhecida como orqueíte, pode derivar de um traumatismo ou torção na região, mas geralmente ocorre por infecção do vírus da caxumba.

Esta condição pode afetar um ou ambos os testículos. Varia entre as formas aguda ou crônica, sendo que na segunda os sintomas não são presentes.

02.08.18 Inflamação dos Testículos Orquite FOTO 300x199 - Inflamação nos testículos: saiba mais sobre a orquite

A orquite pode causar presença de sangue na urina e/ou ejaculação, dor e inchaço no escroto, além de febre e mal-estar. Se a doença é relacionada à caxumba, os sintomas surgem em média uma semana após o inchaço da face.

O diagnóstico é feito através da observação clínica do paciente, da realização de exames de sangue e ultrassonografia escrotal, além de testes para gonorreia e clamídia.

O tratamento da orquite inclui repouso e anti-inflamatórios, além de compressas geladas na região. O inchaço costuma demorar mais de um mês para regredir.

A doença tem cura e não deixa sequela quando o tratamento é feito corretamente. Se o paciente não for tratado, pode ocorrer atrofia testicular, formação de abscessos, infertilidade e, em casos mais graves, até necessitar da remoção dos testículos.

Não se esqueça: na dúvida, consulte sempre um especialista.

Clique para saber mais sobre doenças sexuais

Formulário de Contato

Preencha o formulário abaixo para minha equipe entrar em contato!