Tratamento deve ser precoce ou não para próstatas aumentadas?

Apesar de todos os homens terem crescimento de suas próstatas após os 50 anos, é uma pequena minoria que apresentará sintomas decorrentes do problema: jato urinário fraco, dificuldade para esvaziar a bexiga, urgência para urinar, além de aumento da frequência diurna e noturna.

Pacientes SEM SINTOMAS não precisam ser tratados, mesmo que tenham próstatas muito aumentadas. No entanto, sempre houve dúvidas do melhor momento de tratar os pacientes COM SINTOMAS.

No Congresso Brasileiro de Urologia foi apresentado novamente o estudo MTOPS, que incluiu 737 pacientes. Ele concluiu que há alguns fatores de risco que sinalizam necessidade de tratamento precoce para impedir (ou retardar) a progressão da doença:

* idade acima dos 62 anos

* tamanho de próstata acima de 31 anos

* PSA acima de 1,6

* resíduo abaixo de 10,6 ml/segundo

A conclusão do estudo é de que os pacientes COM SINTOMAS e com algum desses fatores de risco devem iniciar seu tratamento o mais breve possível.