Pular para o conteúdo

11 3262-5564 | 11 99267-7369
[email protected]

Tristeza X depressão: o desafio de ser feliz

Tristeza X Depressão

Atualmente, com a explosão do uso de redes sociais, muita gente ostenta felicidade plena e constante. Seria real?

Claro há pessoas mais felizes que outras, mas qualquer indivíduo alterna momentos alegres e tristes. É natural! Todos temos problemas. Mas é fato que as redes sociais “maquiam” os momentos tristes e enaltecem os felizes. A ideia de mostrar uma vida de sucesso e sem problemas parece ser uma obsessão para muitos.

Depressão

A maioria dos pacientes que sofre de depressão não sabe do seu próprio diagnóstico. É caracterizada por tristeza persistente e pela falta de interesse em qualquer tipo de atividade. Há também mudanças no sono, no apetite, inquietude, indecisão, ansiedade e pensamentos suicidas, entre outros.

Cerca de 4,4% da população mundial é afetada pela depressão, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). São mais de 322 milhões de indivíduos no mundo, sendo que houve incremento de 18,4% nesse número entre 2005 a 2015.

No Brasil, 11,5 milhões de habitantes (5,8% da população) são acometidos por comportamento depressivo. Temos a segunda maior prevalência de depressão quando reunimos todos os países da América Latina, Central e do Norte, perdendo apenas para os Estados Unidos (5,9%).

Ajuda médica

Devemos sempre tentar diferenciar tristeza de depressão. Todos passamos por momentos tristes e difíceis em diferentes pontos de nossas vidas; mas, se esta sensação é permanente e nunca te abandona, é indicado procurar um médico especialista no assunto.

 

Formulário de Contato

Preencha o formulário abaixo para minha equipe entrar em contato!